Lançado no Vale do Silício Gerador de Eletricidade Baseado em Inteligentes Células de Combustível

Numa conferência de imprensa nesta semana, a empresa Bloom Energy do Vale do Silício na Califórnia exibiu sua nova tecnologia que muitos não acreditavam, mas agora é uma realidade de mercado que pode revolucionar as fontes de combustíveis do mundo.

As Células de Combustível da Bloom Energy

São as inteligentes células de combustível (”Fuel Cells”) surgindo no nosso dia-a-dia.
As células de combustível são baterias (pilhas) que convertem energia química diretamente em energia elétrica e térmica, elas possuem uma operação contínua graças a alimentação constante de um combustível.
Isto é, a tecnologia usa reações químicas para criar energia. As células de combustível da Bloom são quadrados planos e sólidos de cerâmica feita de areia comum e são pintados com tintas patenteadas para criar os pólos – ânodo (verde) e cátodo (preto). Cada célula de combustível tem 25 watts de potência e é suficiente para operar uma lâmpada.
O produto principal da Bloom é o Bloom Energia Server, um gerador de eletricidade baseado nesta nova tecnologia de célula de combustível inteligente. As células de combustível dependem de reações químicas para gerar energia em vez de combustíveis fósseis, e como tal são consideradas mais limpas, mais baratas e mais confiáveis do que as fontes fósseis tradicionais de energia.

Como o Bloom Energia Server funciona

Tecnologias de célula de combustível têm sido desenvolvidas há décadas, principalmente as que se concentram em reações químicas com o hidrogênio – um elemento que pode ser volátil e difícil de armazenar.
A teoria de células de combustível nasceu há mais de 100 anos, o conceito foi inventado por William Grove, o qual teve a idéia durante seus experimentos sobre eletrólise de água, quando imaginou como seria o processo inverso , ou seja reagir hidrogênio com oxigênio para gerar eletricidade, o termo célula de combustível surgiu em 1839, criado por Ludwig Mond e Charles Langer.
A primeira célula de combustível foi construida pelo engenheiro Francis Bacon em 1932, problemas técnicos adiaram a sua real aplicação até 1959 por Harry Karl Ihrig.
As células de combustível convertem o hidrogênio, o gás natural ou algum outro combustível em energia elétrica através de um processo eletroquímico.
A conversão ocorre por meio de duas reações químicas parciais em dois eletrodos separados por um eletrólito apropriado: a oxidação de um combustível no ânodo e a redução de um oxidante no cátodo.
Muitos pesquisadores acham que essas células produzem energia barata e abundante, sendo muito menos poluentes do que os atuais sistemas convencionais de centrais de geração de eletricidade usando petróleo ou carvão mineral.
Até hoje, o requerimento de uso de metais caros como a platina e outros raros elementos em determinadas células de combustível e as substâncias corrosivas em outras células, tinham mantido os custos de produção de células de combustível elevados e sua vida útil curta.
O que distingue a célula de combustível da Bloom Energia de todas as outras tentadas até agora é ou uso de uma fina pastilha de cerâmica branca, que é feito de pó de areia comum. Estas células se parecem com disquetes. Um lado de cada célula é pintado com uma tinta verde-limão, que funciona como o ânodo, e uma tinta preta sobre o outro lado que funciona como catodo.
A tecnologia Bloom de célula de combustível é fundamentalmente diferente, usando uma vasta gama de combustíveis renováveis ou tradicionais.
A eletricidade é gerada através de uma reação química quando a gás natural ou outro combustível passa sobre a célula e se mistura com o oxigênio do ar. Gás natural, gás de biomassa, biogás, biocombustível aquícola ou etanol são alguns dos combustíveis que podem ser usados para geração de energia usando o servidor Bloom Energia.

Tecnologias Nascidas nos Programas da Nasa

A tecnologia tem raízes no programa espacial da NASA para Marte. Neste programa, o Dr. KR Sridhar, principal co-fundador e CEO da Bloom Energia, foi responsável pelo desenvolvimente de tecnologias para ajudar manter vida em Marte. Sua missão: Utilizar a energia solar e água para produzir ar para respirar e combustível para transporte.
Embora em outra área, pesquisamos os mesmos conceitos de maximização de fatores, espaço e recursos, ao desenvolvermos os AquaBioPonics e AquaFuelsPonics Systems para produção de alimentos e reciclagem permanente de água e nutrientes.

Bloom Energia Server Gerando Eletricidade

A atual tecnologia da Bloom converte ar e quase qualquer fonte de combustível – que variam de gás natural para uma ampla gama de biocombustíveis – em eletricidade através de um processo eletroquímico limpo, diferente do processo poluidor de combustão.
Mesmo usando um combustível fóssil, os sistemas são aproximadamente 67% mais limpo do que um típico termelétrica a base de carvão, explica Bloom energy. Quando alimentado por um combustível renovável, como os produzidos a partir dos resíduos de peixes e algas, o gerador Energia Server pode ser 100% limpo.
Cada servidor da Energia é composto por milhares células de combustível da Bloom Energia as quais são quadrados planos e sólidos de cerâmica feita de pó de areia comum.
A empresa afirma que até o presente, geradores Bloom Energy estão em operação em várias megas empresas e já produziram mais de 11 milhões de quilowatts-hora (kWh) de energia elétrica. Os clientes Bloom Energy são. Coca-Cola, Cox, eBay, FedEx, Google, Staples as quais têm testado os servidores da Energia.
Os custos de grandes geradores ficam em torno de $ 700.000 $ 800.000 dólares, mas Bloom Energia espera que dentro de cinco anos, um Bloom Box necessários para gerar eletricidade para um residência custará apenas US $ 3.000 dólares.
Quando será que os produtores de geradores, baterias e acumuladores de energia do Brasil vão fazer algo semelhando e inovador como a Bloom Energy está fazendo agora? Criatividade, capacidade e inteligência é que não faltam no gigante da America Latina.

Fonte: http://mybelojardim.com/lancados-no-vale-do-silicio-gerador-de-eletricidade-baseado-em-inteligentes-celulas-de-combustivel/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes

Postagens Populares