Lixo como combustível de avião

fonte: Inovação Tecnológica/ BBC



A British Airways saiu na frente e será a primeira companhia aérea européia a investir na produção de biocombustível para seus aviões. Tanto que fechou acordo para a construção da primeira planta para isso, que começará a ser erguida em 2012.
A intenção é que dois anos depois disso a fábrica já esteja em operação. A empresa americana Solena Group custeará a construção da obra e a British Airways se compromete a comprar toda a produção.
Segundo a BBC, a unidade, a princípio, produzirá 60 milhões de litros de combustível para abastecer os jatos da empresa britânica. Para isso serão usadas 500 mil toneladas de lixo/ ano.
Apesar do avanço ecológico, apenas 2% dos vôos que saem de Heathrow (o principal aeroporto inglês) poderão ser abastecidos com esse combustível.
Ainda assim, é um bom começo. Esse biocombustível, por si só, será mais benéfico ao meio ambiente, pois utilizará na sua composição lixo comum (evitando mais aterros sanitários e a liberação do gás metano na atmosfera, hoje um dos vilões do aquecimento global).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes

Postagens Populares