O Holocausto da Cana

Holocausto

O etanol acadêmico está na cidade, acadêmicos estão viajando o mundo para encorajá-lo a acreditar em mitos sobre o etanol do Brasil para exportação de energia limpa e sustentável para os carros dos ricos do mundo, relata Padre TIAGO THORLBY, que trabalha em uma zona de cana de açúcar. Mas não esperamos que eles digam a verdade quando eles nunca foram ver de perto um canavial ou falaram com qualquer um das centenas de milhares de famílias expulsas da terra. Não espere que os acadêmicos lhe digam que o modelo brasileiro usado para produzir etanol de cana é ambientalmente devastador, culturalmente genocida, socialmente excludente, politicamente retrógrado e economicamente inviável.

Eu venho da Europa, um continente onde todas as crianças nascidas depois de 1945 deveriam ter sido marcadas em seus pulsos com a inscrição: "e ninguém falou contra
isso." Vez após vez, eles aprendem o significado das palavras e como uma nação foi quase extermínada pelo Holocausto. Desde então, tem havido mais holocaustos, que poderiam não ter acontecido se os portadores da marca agisem contra o significado da penhora em seus pulsos.
Holocaustos são corretos desde que não impliquem a mim, ou eu possa empurrar a culpa para outra pessoa ... ou eu possa me distanciar deles. Eu posso lidar com esse tipo de
Holocausto.

Carros causando um holocausto
O que acontece quando a causa do Holocausto está certamente entre as suas pernas, a parte mais íntima do corpo?
Estou, é claro, falando sobre o membro estendido do corpo: o tanque de combustível do veículo a motor.
O que acontece quando eu ouço que o meu carro está causando um holocausto? Não há problema: eu acredito em tudo que foi dito para o usuário do carro sobre a energia utilizada para alimentar o veículo. É por isso que o etanol acadêmico brasileiro está na cidade. Ele está aqui para dar-lhe um fator de sentir-se bem sobre o etanol produzido pelo modelo brasileiro latifundiário. Os acadêmicos estão  voltados para fazer você acreditar. A propaganda é muito convincente. Goebbels ficaria orgulhoso.

Assim: Eu acredito que meu veículo, utilizando bio-energia, está utilizando "energia sustentável”, “combustível limpo”. Puro mito e mentiras!
O modelo brasileiro usado para produzir etanol a partir de cana-de-açúcar é ambientalmente devastador, culturalmente genocida, socialmente excludente, politicamente retrógrado,
economicamente inviável.
Para alimentar o mito e responder às mentiras da Biodiversidade
- Os insetos, peixes, córregos, as matas, os animais, os céus ... os sons e perfumes da natureza são devastados. As pessoas que vivem e trabalham na terra: devastadas. Adeus a todos e todas as expectativas da Reforma Agrária no Brasil. Adeus aos campos férteis
para a Soberania Alimentar, campos inundados pelo avanço do oceano verde de cana de açúcar. Pacha Mama ... devastada. A Mãe Terra é que não se cansa na perspectiva de manter indefinidamente as necessidades lunáticas de seus filhos estúpidos?

Este resumo não expressa a opinião do blog “Mundo da Cana”, você pode conferir o artigo na íntegra em inglês: http://www.pacificecologist.org/archive/17/pe17-sugar-cane-holocaust.pdf

Postagens Recentes

Postagens Populares